RSS
  • She built her famous last name

    23 jul 2007, 10:16

    Domingo 22 Jul – Cool Jazz Fest - Norah Jones
    Antes de mais... Norah Jones era para mim uma cantora razoavelmente boa. Desde ontem à noite passou para o campo dos extraordinários. Num recinto sem condições, com o público a vê-la apenas em ecrãs gigantes (que só começaram a funcionar a meio do espectáculo), com o frio de uma noite que mais parecia Março que fins de Julho, uma cantora constipada, riu, cantou, encantou e deixou uma aura de boa disposição e a impressão de que um concerto que estava destinado a ser um flop afinal foi um bom espectáculo.
    Dona de uma voz inconfundível que a tornou talvez demasiado conhecida, atraiu publico que normalmente não iria a um espectáculo daquele tipo, mas à parte de alguns energumes que foram para ali à espera de uma introdução ao sudoeste em pleno Estoril, a maioria, depois de passada a sofrível primeira parte de um cantor que sem condições nenhumas, também não se esforçou para cativar o publico que o desconhecia completamente... assim em vez de existir um espectáculo a começar às nove, houve um que começou às dez.
    Mas friso novamente. Norah Jones foi gigante, brilhante e mais qualquer outro adjectivo que aqui queiram colocar.
    Uma nota final para a empresa organizadora (Música no Coração) - maus... muito maus... deu a impressão que julgavam que organizar um concerto era montar um palco, espalhar umas cadeiras e receber o dinheiro dos bilhetes... isso não é bom para os espectadores, nem para o país que ontem fez figura de terceiro mundista.