• this is a special post, dedicated to my non-brazilian friends in here:

    3 nov 2010, 19:46 av Counting_UFOs

    HI!
    (yeah, that's it! That's my special message for you, folks! #WINSALOT)



    ps.: what do you people think about Ramones? And what about Marky Ramone's band?

  • My Top Albums

    12 jan 2010, 14:57 av Small_Nub_xDD

    Small_Nub_xDD's top albums (overall) 1. Blessthefall - His Last Walk (933)
    2. Blessthefall - Witness (369)
    3. Blessthefall - Blessthefall (131)
    4. Bring Me the Horizon - Suicide Season (126)
    5. Nevada Tan - Niemand hört dich (125)
    6. The Glamour Manifesto - The Glamour Manifesto (121)
    7. Blessthefall - I Wouldn't Quit If Everyone Quit (119)
    8. Take The Crown - Relapse React (98)
    9. Blessthefall - God Wears Gucci (79)
    10. The Beatles - Golden Collection 2000 (75) 11. Alesana - Where Myth Fades to Legend (71)
    12. Confide - Shout The Truth [Re-Release] (69)
    13. All Time Low - So Wrong, It's Right (65)
    14. The Kooks - Inside In Inside Out (63)
    15. All Time Low - Nothing Personal (60)
    16. Alesana - On Frail Wings of Vanity And Wax (59)
    17. A Midsky Surrender - Cover (58) 18. The Kooks - Konk (54)
    19. Beware: Sharks! - Untitled Album (53) 20. Mooncake - Lagrange Points (50)
    21. Before Their Eyes - Before Their Eyes (49)
    22. Hushpuppies - club: indie rock vol.3 (46) 23. Asking Alexandria - Stand Up And Scream (45)
    24. Anti-Flag - The Terror State (44)
    25. OneRepublic - All The Right Moves (44)
    26. Various Artists - Taste Of Christmas (44)
    27. A Day to Remember - And Their Name Was Treason (44)
    28. 30 Seconds to Mars - A Beautiful Lie (43)
    29. From First to Last - Heroine (42)
    30. Escape the Fate - Dying Is Your Latest Fashion (41)
    31. nevershoutnever! - The Yippee (41)
    32. Sponge Bob Square Pants - Sponge Bob Square Pants (40) 33. Chiodos - Bone Palace Ballet (40)
    34. Fall Out Boy - Infinity on High (38)
    35. Blessthefall - black rose dying (37)
    36. Dance Gavin Dance - Whatever I Say Is Royal Ocean (EP) (37) 37. Craig Owens - With Love (36)
    38. Chiodos - Bone Palace Ballet: Grand Coda (36)
    39. nevershoutnever! - Me & My Uke (33)
    40. Escape the Fate - This War Is Ours (32)
    41. Zebrahead - Broadcast To The World (30)
    42. Emarosa - Relativity (27)
    43. Britney Spears - The Singles Collection (26)
    44. Arctic Monkeys - Favourite Worst Nightmare (25)
    45. August Burns Red - Thrill Seeker (24)
    46. Drop Dead, Gorgeous - The Hot N' Heavy (24)
    47. Gym Class Heroes - As Cruel As School Children (Re-Release) (24) 48. Bring Me the Horizon - Count Your Blessings (23)
    49. Arctic Monkeys - Whatever People Say I Am, That's What I'm Not (23)
    50. Lostprophets - The Fake Sound Of Progress (23)
  • My top 10 albums of 2009

    8 jan 2010, 00:52 av vava_alves

  • Best of 2009 + New albums i'm excited for

    4 dec 2009, 02:22 av iPowers

    I did do an original top 40 of the best and a top 55 but the internet had to suck and I have to start it over so i'm not going to do that. I may do the new albums part later

    Top bands that have made an album or released a single this year (Not in any special order):
    1. Dead By April
    2. Sonic Syndicate
    3. Blessthefall
    4. The Word Alive
    5. Alesana
    6. Greeley Estates
    7. Jonny Craig
    8. Silverstein
    9. Super Junior
    10. Scar Symmetry
    11. Escape the Fate
    12. Greeley Estates
    13. Nickelback
    14. D'espairsray
    15. Killswitch Engage
    16. Isles & Glaciers
    17. In Fear and Faith
    18. The Devil Wears Prada
    19. Brokencyde
    20. Breathe Carolina
    21. Breaking Benjamin
    22. Bring me the Horizon
    23. Justin Bieber
    24. Black Eyed Peas
    25. August Burns Red
    26. After the Burial
    27. Dance Gavin Dance

    Bands i'm looking forward to (needs to be updated):
    Escape the fate
    Falling in Reverse
    Greeley Estates
    Sonic Syndicate
    Alesana
    The Word Alive
    Isles & Glaciers
    Sky Eats airplane
    Bring me the horizon
    Bullet for my valentine
    As I Lay Dying
    Parkway Drive
    Chiodos
    Secret and Whisper
    My Chemical Romance
    Emarosa
  • Nuances

    29 jul 2009, 22:07 av qix1986



    Vida, sempre tão carente de certeza
    Esperança, tem na sua mortalidade a beleza
    A felicidade teima em parecer tão distante
    E o amor consegue em apenas um instante
    Virar todas as cartas da mesa

    O sol aquece o corpo que a noite esfriou
    A lua acolhe a alma que o dia distanciou
    É besteira caçar o tempo ao invés de viver
    Abra os braços e deixe ele livre pra correr
    Solto por caminhos que você nunca imaginou

    Feche os olhos e se renda ao silêncio ensurdecedor
    Entenda que o medo é valente
    Mas se a luz se faz presente
    Carrega consigo qualquer treva e temor

    Entre tormentas e pesadelos a bonanza te espera
    Acreditar te dará forças para enxergar além da quimera
    Sonhando você chega onde acordado não alcança
    Há muito o que aprender com o coração de uma criança
    Que ama sem receio e pra ser feliz se esmera
  • O Caçador de Teorias

    31 maj 2009, 08:42 av qix1986



    As vezes eu penso o que a vida quer da gente, que atitudes ela espere que a gente tome, que posição iremos tomar ao longo dessa jornada que é viver. E quanto mais eu penso, divago e filosofo sobre essa questão, mais as circunstâncias me levam a crer que a vida quer saber o que a gente quer da vida.

    Se pensarmos bem podemos dizer que estamos condenados a viver, condenados a amar, odiar, sofrer e cuidar até o dia em que finalmente chegará a nossa tão temida hora de partir. Isso tudo muitas vezes me parece tão ilógico, por mais que eu tente eu não consigo achar a resposta para a pergunta: “Por que agente vive?”

    Crescemos, aprendemos, trabalhamos, conquistamos, esquecemos, perdemos e morremos tão repentinamente e inesperadamente como nascemos. Teorizamos sobre tudo, filosofamos sobre tudo e achamos ter tanto conhecimento quanto precisamos. Mas acabamos praticando quase nada, sentindo menos ainda e isso nos torna peritos sobre o que devemos sentir, porque devemos sentir mas não temos a mínima idéia de como é a sensação.

    Compramos animais pra nos fazer companhia, pagamos por sexo, pagamos para outras pessoas ouvirem nossos problemas, quando tudo isso seria resolvido com um companheiro verdadeiro. Prendemos quem rouba nossas posses mas não quem rouba o amor das pessoas, prendemos quem destrói propriedades mas não quem destrói o sonho de alguém e repreendemos quem não obedece seus pais mas não damos a mínima pra quem não obedece seu coração.

    Parecemos estar sempre perdidos pois enxergamos apenas com os olhos e caminhamos apenas com as pernas e isso nos limita a ver só o que há na nossa frente e nos prende a terra. Enquanto não soubermos o que fazer com a vida seguiremos em dúvida e fingindo não sermos indiferentes, até o dia em que a vida se cansará de tentar nos ensinar o que não sabemos e desistirá de tentar saber o que fazer com a gente.
  • Entre a Escuridão e a Epifania

    19 maj 2009, 06:13 av qix1986



    Ajoelhado em frente ao pecado e fitando o céu negro, os punhos cerrados e um nó na garganta que aos poucos vai cedendo às investidas de uma força que contesta e não hesita ao marchar em combustão, queimando o ar e calando a voz de um corpo que clama por redenção.

    Justiça é uma palavra que parece não fazer sentido para quem nunca viu ela ser cumprida. E o bem e o mal rolam dados pra decidir quem mancha a espada e quem perfura o coração. Um pensamento certo na hora certa pode te livrar da incerteza e da perdição.

    E é quando esse momento chega que se deve decidir se deseja passar os restos dos dias assistindo a vida passar ou quer realmente mostrar que faz parte dela. Nenhuma felicidade será suficiente, nenhum calor te aquecerá e amor nenhum te completará enquanto você não souber o valor que eles possuem.

    O medo de pecar e a vergonha de sonhar são mais repreensíveis que o fracasso e a decepção, pois te atam as mãos, vendam os olhos e não te deixam nenhuma lição. Viver é não ter que se limitar a vagar em seu próprio corpo, por isso dê o seu amor sem medo, você sempre será capaz de tornar a amar. Compartilhe o seu conhecimento, o saber não é uma posse, mas uma chama que deve queimar alimentando cada vez mais fogueiras. Não se iluda com a tentação do egoísmo, o seu peito pode acolher tantas moradas que seria um desperdício habitar ele sozinho.

    Você querendo ou não o tempo vai passar, o mundo vai girar e as pessoas continuarão a andar, agora depende de você decidir se vai ficar parado e ver rostos chegarem e partir ou vai caminhar também, se permitir ir além do que a estrada permitir.

    Dê uma chance pra vida, encare o mundo com um sorriso no rosto e vislumbre uma era permeada pela harmonia. O futuro é tão incerto pra você sofrer por ele agora, tudo é especulação e nada é fato enquanto não chega a sua hora, e ninguém nesse mundo está condenado a viver em agonia.
  • Apedrejando o Mar

    7 maj 2009, 00:12 av qix1986



    Abraçar o mundo nunca foi minha maior ambição, o peso do mundo é demais para os meus braços cansados. Eu quero apenas poder abraçar quem eu amo e sentir de perto o calor, esquecer por um momento como é sentir dor e lembrar da sensação de ter os lábios beijados.

    Não importa quanto eu tente, o tempo não vai para e me ensinar a viver, as lições vão vir com os tropeços no caminho e mesmo que machuque ter que me levantar sozinho, enquanto eu estiver de pé não terei do que me arrepender.

    A covardia que segura minhas palavras me arranca das mãos todos os sonhos que cultivei, as minhas memórias não passam de injúrias do tempo que vez ou outra ardem me fazendo lembrar cada passo em falso que dei.

    Eu invejo os peixes como o enfermo inveja o são, pois vivem livres da maldição de lembrar dos erros que cometeram. Nadam isentos do medo e da desconfiança e em cada embalo de sua dança empurram pro fundo do mar cada vestígio dos dias que já viveram.
  • Trincheiras de Nanquim

    11 apr 2009, 20:57 av qix1986



    A tinta me liberta e me alivia de uma noite que me sufoca e me condena. O papel que não resiste a meus brados se mantém borrado e segue praguejando contra a caneta. Palavras desconexas se unem na batalha travada entre meus pensamentos, e parágrafos se tornam tropas marchando rumo à linha de tiro.

    No meio do fogo cruzado assisto cada vez mais meu coração ser manchado, pingando tinta vermelha e sangue preto pelos buracos de bala e o barulho ensurdecedor que não se cala e me deixa cada vez mais apavorado.

    Ao escrever deixo meu coração falar tudo o que ele pensa ser importante para eu saber, pois há tempos ele bate apressado e forte, e ouvi-lo se tornou um esporte que minha razão insiste em não querer praticar.

    Ao virar a página encontro um novo campo de batalha, pronto para virar o cenário de mais uma batalha entre meu super ego e meus instintos, que apesar de habitarem o mesmo lugar, insistem em produzir sentimentos tão distintos viajando em meus neurônios em forma de navalha.

    Fecho o caderno esperando cessar fogo e deixando a paz invadir meu ser, escondo toda e qualquer injúria e sigo em frente colecionando cicatrizes de guerras que não pude vencer. De nada adianta tanta lamúria se um dia todos nós sucumbiremos perante a terra que nos acolherá quente e discreta nos impedindo de correr. Cessando assim um eterno ciclo de entrega - decepção - sofrimento - indignação - indiferença - vazio - entrega...

    Calando a voz que grita em silêncio, apagando a tinta que mancha em tom de lamento e paralisando o coração que pinga em sofrimento.
  • Exalando Covardia

    11 feb 2009, 14:32 av qix1986



    Sou um sentimento errante, um contraste ambulante que vagueia por entre a multidão, espalhando o ódio sem hesitar sempre acabo agarrado ao calcanhar de quem um dia a mim estendeu a mão.

    Mais uma vez a covardia bate a minha porta, arrancando de mim toda segurança e certeza que outrora fui capaz de conquistar. E a coragem, insiste em me visitar nos momentos mais inoportunos, me soprando aos ouvidos palavras de conforto em meio à solidão. Nada parece estar no seu devido lugar, tudo passa e nada fica além desse triste vazio em meu olhar.

    A inércia age sobre meu corpo mantendo-o num estado sempre constante, enquanto meus instintos continuam adormecidos e o coração falsamente aquecido, assisto meus anseios fugirem de minhas mãos cada vez mais distante.

    A vida me cansa e eu canso da vida, estou sempre presente em corpo e ambição mas ausente de palavras e convicção, no dia me faltam horas pra tentar reverter os danos sofridos, arrancar de meus pulsos todos espinhos, e finalmente curar a ferida.

    Se eu ao menos falasse um pouco do que penso talvez o meu céu tivesse mais cor, mas costuro minha boca com acalentos e linha que nunca cederão a força de meu alento, que hoje em dia é brisa mas outrora já foi vento soprando tímido e carente esvaindo seu calor.