Do your cats catch prey?

 
  • Do your cats catch prey?

    My cat usaly only manages to catch insects. Once she caught a bird which seemed unable to fly so no big deal there.

    A copule of days ago though my cat brought home a half-dead bat. That was pretty shocking and discusting.

    Do your cats bring home interesting "presents"?

    • Manowar1 sa...
    • Användare
    • 24 dec 2008, 08:03
    I receive an occasional gift by the door. Usually a dead lizard or a rat, but one time it was an opossum. I cannot imagine how the cat took down the opossum twice his size. Maybe the opossum was sick, but still it was a task to get it to the door.

    • [Raderad användare] sa...
    • Användare
    • 25 dec 2008, 18:25
    my cat usually catches small insects; but once he caught a sparrow, and i barely saved the poor thing.
    oh yeah. he brought into the house a bat once. or twice, can't remember. still gross.

  • The most my cat has ever caught is a few cockroaches.

    My dogs are the hunters of the family, which is really disturbing to see a little chihuahua kill rats...

  • My cat usually tries to catch moths. :D But fails miserably.

    But she hardly catches small animals, very rarely she becomes proud and drops a little mouse on the porch, though. ~__~

  • That´s why i want spend my life with you ( CATS pray to be every day )

    Nada é mais incômodo para a arrogância humana que o silencioso bastar-se dos gatos. O só pedir a quem amam. O só amar a quem os merece. O homem quer o bicho espojado, submisso, cheio de súplica, temor, reverência, obediência. O gato não satisfaz as necessidades doentias de amor. Só as saudáveis.Já viu gato amestrado, de chapeuzinho ridículo, obedecendo às ordens de um pilantra que vive as custas dele? Não! Até o bondoso elefante veste saiote e dança valsa no circo. O leal,cachorro no fundo compreende as agruras do dono e faz a gentileza de ganhar a vida por ele. O leão e o tigre se amesquinham na jaula. Gato não, só aceita relação de independência e afeto. E como não cede ao homem, mesmo quando dele depende, é chamado de t,raiçoeiro, egoísta, espertalhão, safado ou falso.
    Falso porque não aceita a nossa falsidade e só admite afeto com troca e respeito pela individualidade. O gato não gosta de alguém porque precisa gostar para se sentir melhor. Ele gosta pelo amor qu,e lhe é próprio, que é dele e o dá se quiser. O gato devolve ao homem a exata medida da relação que dele parte. Sábio, é esperto. O gato é ZEN. O gato é TÃO. Conhece o segredo da não-ação, que não é inação. Nada pede a quem não o quer. Exigente co,m quem o ama, mas só depois de muito se certificar. Não pede amor, mas se lhe damos amor, então o exige. O gato não pede amor. Nem dele depende, Mas quando o sente, é capaz de amar muito. Discretamente, porém, sem derramar-se. O gato é um italiano educado, na Inglaterra. Sente como um italiano, mas se comporta como um lorde inglês.Quem não se relaciona bem com o próprio inconsciente não transa o gato. Ele aparece então, como ameaça, porque representa a relação sempre precária do homem com o (própr,io) mistério. O gato não se relaciona com a aparência do homem. Vê além, por dentro e avesso. Relaciona-se com a essência.Se o gesto de carinho é medroso ou substitui inaceitáveis (mas existentes) impulsos secretos de agressão, o gato sabe. E se,defende do afago. A relação dele é com o que está oculto, guardado e nem nós queremos, sabemos ou podemos ver. Por isso, quando esboça um gesto de entrega, de subida ao colo ou manifestação de afeto, é muito verdadeiro, impulso que não pode ser desdenhado,. É um gesto de confiança que honra quem o recebe. Significa um julgamento. O homem não sabe ver o gato, mas o gato sabe ver o homem. Se há desarmonia real ou latente, o gato sente. Se há solidão, ele sabe e atenua como pode (enfrenta a própria solidão de, maneira muito mais valente que nós). Se há pessoas agressivas em torno ou carregadas de maus fluidos, eles se afastam. Nada dizem, não reclamam. Afastam-se. Quem não os sabe ler pensa que eles não estão ali, saíram ou sei lá onde o gato se, meteu. Não é isso! É preciso compreender porque o gato não está ali. Presente ou ausente, ensina e manifesta algo. Perto ou longe, olhando ou fingindo não ver, está comunicando códigos que nem sempre (ou quase nunca) sabemos traduzir.
    O gato vê,mais, vê dentro e além de nós. Relaciona-se com fluidos, auras, fantasmas amigos e opressores. O gato é médium, bruxo, alquimista e parapsicólogo. É uma chance de meditação permanente ao nosso lado, a ensinar a paciência, atenção, silêncio e mistéri,o. Monge, sim, refinado, silencioso, meditativo e sábio, a nos devolver as perguntas medrosas esperando que encontremos o caminho na sua busca, em vez de o querer preparado, já conhecido e trilhado. O gato sempre responde com uma nova questão, remetendo-n,os à pesquisa permanente do real, à busca incessante, a certeza de que cada segundo contém a possibilidade de criatividade e novas inter-relações, infinitas, entre as coisas.O gato é uma lição diária de afeto verdadeiro e fiel. Suas manifestações são ínti,mas e profundas. Exigem recolhimento, entrega e atenção. Pessoas desatentas não agradam aos gatos. Os barulhentos os irritam. Tudo o que precisa de promoção ou explicação os assusta. Ingratos os desgostam. Falastrões os entediam. O gato não quer explicaçõ,es, quer afirmação. Vive do verdadeiro e não se ilude com aparências. Ninguém em toda a natureza aprendeu a bastar-se a si mesmo como o gato (até na higiene). Lição de sono e de musculação, o gato nos ensina todas as posições de respiração da iog,a. Ensina a dormir com entrega total e diluição no cosmos. Ensina e espreguiçar-se com a massagem mais completa em todos os músculos, preparando-os para a ação imediata. Se os preparadores físicos aprendessem o aquecimento do gato, os jogadores reservas n,ão levariam tanto tempo (quase 15 minutos) se aquecendo para entrar em campo. O gato sai do sono para o máximo de ação, tensão e elasticidade num segundo. Conhece o desempenho preciso e milimétrico de cada parte do seu corpo, ao qual ama e preserva como a, um templo.
    Lições de saúde sexual e sensualidade.
    Lição de envolvimento amoroso com dedicação integral de vários dias.
    Lição de organização familiar e de definição de espaço próprio e território pessoal.
    Lição de anatomia, equilíbrio,, desempenho muscular.
    Lição de salto.
    Lição de silêncio.
    Lição de descanso.
    Lição de introversão.
    Lição de contato com o mistério, o escuro e a sombra.
    Lição de religiosidade sem ícones.
    Lição de alimentação e requinte.
    Liçã,o de bom gosto e senso de oportunidade.
    Lição de vida e elegância, a mais completa, diária, silenciosa, educada, sem cobranças, sem veemências ou exageros e incontinências.
    O gato é um monge portátil sempre à disposição de quem o sai,ba perceber!

    Arquitetura, musica, poesia, Arte; Aquilo que amplia as nossas vidas que da novo significado `a nossa existência que nos faz sonhar.Sonhos feitos de sons sonhos feitos de pedra sonhos feito de palavras não importa, o que importa é sonhar!
    • Masoles sa...
    • Användare
    • 20 jan 2009, 16:43
    my cat usually catches birds. two years ago, she brought me a dead bat but i didn't let her eat it. i think it was not a present =D

  • :-) And my love only insects, and sometimes lizards but nothing bigger because he is afraid of everything...

  • my cat caught bat too :/ and once brought dead bird :( i cried all day :D:D:D(

  • Yeah, my cat just brought a bird. At least it's still alive. :)

    • ilu_ovce sa...
    • Användare
    • 12 feb 2009, 22:55
    my cat has recently brought two mices (one dead, one bleeding/dying) and a living bird, whom i set free. oh, and there was a blackbird in our garden with it's head ripped off - cat's toy :D

    "Zrušte extremisty, nebo hromadně emigrujeme, varují Romové premiéra"
  • Occasionally... My cat Lilly has, as have my cats Alice & previous cats Mittens & Speckles. Usually it's the females that like to catch pray, but Mittens who was male was pretty feisty...

    • [Raderad användare] sa...
    • Användare
    • 5 mar 2009, 20:01
    only insects; they are indoor kitties

  • My kitty is a hell of a hunter. Even tho she never goes out the porch, she always brings "the dinner" home for us... insects, sparrows, bats, lizards, rats, mice.. Thing is, usually all of her preys are dead, so I can't do nothing about it..

    • [Raderad användare] sa...
    • Användare
    • 18 apr 2009, 21:45
    My cat used to catch squirrels, he used to bring the while open dead squirrels into my room, it always looked me in the eyes while purring and rolling all over the floor...i guess it was some kind of present for me....My new kitty is more calm it only catch bugs and stuff *phew*.

    • mrBuko sa...
    • Användare
    • 22 maj 2009, 12:57
    his victim's neighbor's cat.

    • Ph0b1a sa...
    • Användare
    • 1 jul 2009, 14:26
    моя твоя не понимать..

    • TarynKD sa...
    • Användare
    • 1 jul 2009, 19:52
    My cats have brought in a dead bird, a live bird, and a live mouse :(

    Call me psychotic or numb
    I'm just a product of love
    • Ph0b1a sa...
    • Användare
    • 2 jul 2009, 05:25
    TarynKD, птички и мышки чтоль?Оо

  • I've had pigeons, other birds and mice. I used to have a cat that brought live rats and ducks into the house through the cat flap. Needless to say we no longer have a cat flap that goes directly into the house.

  • My cat delivered 3 moles to my house this week

  • Our amazing cats

    All of our cats are great hunters - moles, birds (even large ones), mice, etc. The amazing thing, however, is that even when they bring the critters into the house through their cat hole, we are almost always able to turn the animals loose without harm. I don't know how they manage to mouth them without injury. Only once in a while does my husband have to put a critter out of its misery.

    My super-eclectic music score is currently

    613/1000


    • [Raderad användare] sa...
    • Användare
    • 27 dec 2009, 16:43
    We have lizards where i live. I have three cats. our house has brick on it. The lizards sit and sun themselves. My cats sit and watch until an unfortunate lizard happens to make the mistake of coming inside our house.
    Sometimes i can stop them from killing the poor thing. Sometimes not.
    If the lizard plays dead the cats will soon lose interest in it. Most times the lizard will get back outside unharmed the only consolation is the go without their tails.
    But those they can somehow regenerate. I have seen quite a few lizards outside without tails, or half of one at any rate.

    • yvonnetb sa...
    • Användare
    • 30 dec 2009, 21:39
    In the summer our youngest brings home frogs, usually still alive. And I see him catch insects.

    When our oldest was still young, about two, we found feathers in the kitchen once. That's the only time I know of that she catched something.

  • My cat is afraid of insects. . . >.<

    What's my age again?
Anonyma användare kan inte skriva inlägg. Vänligen logga in eller skapa ett konto för att göra inlägg i forumen.